22 de abr de 2014

Sabedoria Ancestral




"Cada mulher que cura a si mesma contribui 
para curar todas 
que a precederam e todas as que virão depois dela"

17 de abr de 2014

Gravidez:.Meus livros preferidos


Sou uma pessoa totalmente viciada em livros. E é natural que nessa fase tão linda e rica da vida de nós mulheres, eu os devore ainda mais! Leio muito sobre esses preciosos momentos e tenho algumas dicas para dar a vocês meninas.

Espero que gostem.
Namastê


Janet Balaskas é fundadora do Movimento Internacional pelo Parto Ativo 
e é uma mulher sensacional. 
Para as que querem um parto ativo, natural e transformador 
não deixem de ler esse livro. A série de Yoga é imperdível!


Seguindo o método Waldorf, a educadora Rahima Baldwin Dancy nos guia de maneira encantadora e revela a importância dos primeiros 6 anos da criança. Minha leitura oficial dessa segunda gravidez.
Maravilhoso. Somente em inglês.


A professora de Kundalini Yoga Gurmukh, dá dicas de práticas meditativas e respiratórias preciosas. 
No começo do livro conta sua história pessoal e como se tornou uma expert em Yoga para gestantes. 
Um dos meus preferidos. Somente em inglês.


A autora, descreve suas experiências durante a gravidez de sua filha sob um olhar budista.
Me identifiquei várias vezes e em diversas situações. 
Um livro lindo e especial. 
Somente em inglês.


O já bem conhecido médico e escritor indiano Deepak Chopra, 
explica como é a visão ayurvédica da gestação. 
Esse foi o primeiro que eu li e sem dúvida está no topo da minha lista. 



14 de abr de 2014

Ayurveda na Gestação:.Parte II



Aqui está a segunda parte da série de postagens sobre Ayurveda para Gestantes. 
Falo da concepção do bebê e começo a explicar sobre a dieta da gestante. 

Namastê!


A Concepção do bebê na visão do Ayurveda

A concepção de um bebê é uma expressão de muito amor entre a mãe e o pai.

É ideal planejar a gravidez com alguns meses de antecedência, para preparar e equilibrar o corpo, mente e alma para ingressar nessa jornada tão importante.

Para a mulher que quer engravidar é muito importante que ela cuide bem do seu ciclo menstrual. 

Durante a menstruação é indicado um repouso maior, uma dieta mais leve que contenha alimentos fáceis de digerir e não praticar atividades físicas muito extenuantes.

Cuidar e preparar o corpo com massagens feitas com óleo morno e uma dieta para remover toxinas é fundamental para tornar o organismo equilibrado e pronto para receber um bebê.

Inclua também práticas de meditação e Yoga na sua rotina diária.


Comendo por dois:. A dieta durante a gestação

Quando a mulher está grávida a sua alimentação se torna mais importante do que nunca. 

Tudo que você come, afeta diretamente a saúde do seu bebê, então é muito natural que você escolha apenas os alimentos mais saudáveis e nutritivos possíveis.

A gravidez requer um trabalho extra do seu corpo e é por isso que você precisa escolher uma dieta especialmente nutritiva.

Pular refeições, comer com pressa, em pé, falando ao telefone, vendo televisão ou lendo.

Fazer jejum prolongado e comer junk food, tudo isso reduz a nutrição necessária para que seu bebê se desenvolva normalmente.

Dê preferência para vegetais e frutas frescas, grãos integrais e derivados do leite. Se possível, tente comer alimentos orgânicos, principalmente frutas, verduras e leite.

É importante que você beba bastante água (em temperatura ambiente), isso ajudará a remover qualquer impureza durante a gestação.

O Ayurveda também recomenda que você dê preferência aos alimentos cozidos, já que eles são de digestão mais fácil e são mais nutritivos que os alimentos frios e crus. 



Dieta balanceada:. Incluindo os seis sabores na alimentação

Para o Ayurveda, a dieta tem que conter os seis sabores para ser completa.

Saiba quais são tal sabores e em que alimentos eles se encontram.

· Doce
· Salgado
· Ácido
· Picante
· Amargo
· Adstringente

Sabor doce: Leite, manteiga sem sal, ghee (manteiga clarificada), 
arroz, farinha integral, massas, pães integrais frutas doces.

Sabor salgado: Sal marinho e em muitos vegetais.

Sabor ácido: Iogurte, coalhada, limão, vinagre, frutas ácidas.

Sabor picante: Pimentas, cominho, gengibre, canela, cravo, e outras especiarias picantes.

Sabor Adstringente: Feijão, lentilhas, romã, caqui, espinafre, repolho, brócolis, couve flor, maçã, pêra.

Sabor amargo: Verduras de folhas verde escuro, couve, escarola, chicória, endívia, espinafre, acelga, brotos.

Para as grávidas, é importante comer todos os seis sabores, mas dar maior importância para os sabores doce, ácido e salgado pois são os mais nutritivos para essa fase.

Alimentos Doces, Salgados e Ácidos recomendados durante a gestação

No geral: Coma alimentos quentes e mornos, cozidos, nutritivos e bebidas quentes. 

Coma todos os seis sabores mas reduza os muito picantes, amargos e adstringentes. 

Evite alimentos frios e crus, bebidas frias e geladas e gasosas pois tendem a reduzir seu fogo interno e poder de digestão.

Laticínios: Leite integral (orgânico), manteiga sem sal, iogurte caseiro, queijos frescos como minas, ricota e cottage.

Açucares: Mel e Açúcar orgânico, demerara ou mascavo (com moderação).

Óleos: Azeite de Oliva, ghee e óleo de coco.

Frutas: Doces e frescas, em temperatura ambiente como: papaia, coco, pêssego, manga, abacaxi doce, laranja doce, ameixa doce, maçã doce. Uva passa, ameixas e tâmaras.

Vegetais: Beterraba, cenoura, abobrinha, batata doce, pepino sem casca, espinafre, abobora, aspargos, berinjela sem casca, moranga.

Grãos: Arroz, massas, pães integrais, aveia, quinua, milho, e outros grãos integrais.

Feijões e Leguminosas: Lentilha amarela. Todos os outros são muito indigestos durante a gestação.

Especiarias: Fenogrego, erva doce, açafrão, canela, cardamomo, cominho, gengibre, sal, cravo, semente de mostarda.

Nozes: Amêndoas, nozes e castanhas são especialmente nutritivas e muitos recomendadas durante a gravidez. Evite amendoim.

Evite:

· Alimentos e bebidas frias
· Comidas cruas e restos de comida
· Comidas congeladas
· Comidas muito ácidas: pickles, vinagre, queijos amarelos.
· Alimentos muito picantes: chilli, alho, cebola, pimentas, pimentões.
· Carnes em geral. Se não for possível, prefira frango ou peixe ensopados, eventualmente.
· Amendoim
· Queijos gordurosos como gorgonzola, 
brie, catupiry, roquefort etc.
· Álcool
· Café
· Bebidas gasosas
· Chocolate
· Frituras
· Alimentos industrializados.
· Enlatados
· Molhos cremosos.

Alimentos que causam gases:

· Brócolis
· Couve flor
· Repolho
· Cebola
· Alho
· Couve de Bruxelas
· Batata
· Ervilha
· Brotos
· Verduras cruas em geral

11 de abr de 2014

Ayurveda na Gestação.:Parte I




Vou aos poucos colocar aqui os ensinamentos do Ayurveda durante a gestação. Essa medicina milenar e tão sábia nos ensina como manter o corpo, mente e alma em equilíbrio nessa fase tão importante na vida de nós mulheres. Aqui a primeira parte de uma série de postagens. 

Namastê!

Para gerar um bebê feliz e saudável é necessário que os pais estejam com uma saúde plena e muito felizes. Uma mãe saudável, de bem consigo mesma, com um bom agni (o nosso fogo digestivo) e a imunidade equilibrada é a receita certa para se ter uma gestação tranqüila.

O Ayurveda para gestantes ajuda a nutrir todos os aspectos da mulher durante esses nove meses tão importantes em sua vida.

A mãe durante a gestação é o UNIVERSO do bebê. É sua casa, seu lar , seu mundo particular. Tudo o que a mãe come, bebe, tudo o que ela sente e pensa, tudo o que ela vê e faz tem uma conexão direta com o seu bebê.

O Ayurveda ensina como gerar um bebê mais saudável, mais feliz e conectado com seus pais e familiares.

Através dessa ciência milenar, a gestante aprende quais os melhores alimentos para essa fase, qual a rotina a ser seguida, que tipos de exercício, livros, musicas e outras experiências são benéficas para uma maior conexão com seu filho.

Ter filhos é um processo natural da vida. As mulheres foram feitas para atravessar esse período de uma forma totalmente equilibrada, elas precisam somente se re-conectar com seus ritmos internos.

O Ayurveda cria um equilíbrio entre a mãe, seu bebê e o relacionamento dos dois.

O pós parto é uma fase de extrema importância para a mãe. Ela precisa de cuidados extras nesse período pois tem que cuidar e amamentar o seu filho que acaba de nascer.

Portanto a mãe precisa reequilibrar o seu organismo, que agora não possui mais uma outra vida dentro de si.

É preciso voltar ao seu estado natural, fortalecer seu corpo e suas emoções e aumentar seu agni que fica muito fraco apos o parto.

Para um casal que está planejando ter um bebê, é importante determinar se eles estão com qualquer tipo de desequilíbrio em seus Doshas, e assim recomendar dieta e exercícios e uma rotina adequada.

Como Apana Vayu mantêm as condições naturais do útero e dos órgãos envolvidos na gestação para uma gravidez saudável?

A concepção, a gestação e o pós-parto são governados pelo sub-dosha de Vata, chamado de Apana Vayu e para se entender todos esses processos, é preciso entender como funciona Apana Vayu.

Cada dosha (Vata, Pitta ou Kapha) possui 5 sub-doshas e cada um governa uma parte diferente do corpo. Como Vata controla tudo o que é movimento dentro do organismo, então cada um dos 5 sub-doshas de Vata comanda um tipo de movimento dentro de diferentes partes do corpo.

Apana Vayu, está localizado no cólon e baixo ventre e governa todos os movimentos descendentes como as eliminações, menstruação e o movimento de expulsão na hora do parto.

Quase todas as funções do útero durante a menstruação, gravidez e parto são controlados por Apana Vayu. Assim como o crescimento e a diferenciação dos órgãos do feto.

Por isso é de vital importância manter Apana Vayu em equilíbrio.

Se ele estiver muito fraco ou muito forte pode causar problemas durante a gravidez. Um exemplo disso, é que se Apana Vayu não estiver funcionando normalmente, pode ocorrer alguma mudança na posição do feto ou até casos de infertilidade.

Ansiedade e nervosismo durante a gravidez, também indicam um desequilíbrio no dosha Vata e pode ser aliviado com uma dieta nutritiva e bastante repouso.

10 de abr de 2014

Kirtan Kids


Theo no Yoga Pela Paz 2013

Acredito que essa nova geração de pequenos seres, trarão muita clareza, amor, harmonia e compaixão para essa nova Era que se iniciou em 2012.
Meu pequeno filho Theo de 2 anos, trás em seu olhar, gestos e atitudes uma sementinha de pura conexão com o Divino, com essa Nova Consciência.

A minha gestação foi um momento de puro Yoga e despertar.
Ele ouve mantras desde os primeiros sopros de vida dentro do meu útero.

Mantras são sons sagrados milenares que nos conectam com essa força maior e nos fazem lembrar que tudo é UM.

Hoje com 2 anos, ele sempre pede para ouvir mantras e toda noite antes de dormir eu canto os seus favoritos.


Kirtan Kids

Este CD chamado Kirtan Kids do Jai Uttal, é o seu favorito e sempre toca aqui em casa.
Mantras para Ganesha, Shiva, Krishna e Hanuman em melodias deliciosas e delicadas.

Ensine mantras ao seu filho de forma lúdica e divertida.
Ele vai adorar, e você também!

"When you teach your son, you teach your son's son." - The Talmud 

18 de jun de 2012

Estou de volta...


Eu e o meu (já não tão pequeno) filhote. 
Aqui ele está com 3 meses. 
Muito amor.

Tenho tanta coisa para escrever, compartilhar, narrar.... já se passaram 3 meses e meio desde que meu pequeno Theo nasceu e muita coisa aconteceu.. Agora acho que consigo ter um tempinho para postar com calma todos esses momentos tão ricos, fortes e transformadores. Tenho muitas coisas pra falar a respeito do meu parto, do dia a dia com um recém nascido, das expectativas frustradas de uma mãe de primeira viagem, da grande aventura que é dar de mamar... enfim muitos e muitos posts pela frente! Espero que vocês gostem! 

Namaste!


20 de mar de 2012

Meu pequeno nasceu!


Fiquei um bom tempo sem postar aqui no blog por um maravilhoso motivo: nasceu meu filho lindo e amado, o Theo. Uma emoção que não dá para descrever. Uma felicidade sem fim. Quero contar com calma como foi o parto, e minhas experiências nesses primeiros dias de vida dele aqui em casa. Mas como estou sem tempo, vou fazer os posts aos poucos. Mas deixo aqui a primeira fotinho dele, tirada na maternidade.

Seja muito bem vindo filho! Que o Universo te dê todas as bençãos e alegrias. Que você possa cumprir seu dharma nessa vida. Que você tenha uma vida longa e com muita saúde. Que todos os deuses te protejam nessa caminhada. Te amo meu serzinho de luz!