14 de fev de 2012

Gerar uma Vida



Estou passando por um momento muito divino, muito especial 
(senão o mais especial) em minha vida. 
Gerar um ser é a transformação mais intensa, mais pura 
e mais espiritual que uma mulher pode experimentar. 
O encontro com o seu lado maternal, com as forças da natureza, 
com a deusa primordial que existe dentro do nosso ventre, 
dentro da nossa alma é algo a ser vivenciado plenamente, vivamente, corajosamente!
Sim, é preciso coragem, pois com toda essa beleza, vem os medos, 
as incertezas, as dúvidas e os questionamentos. 
Considero-me em um enorme retiro de 9 meses. 
Um retiro para o mais profundo canto do meu ser. 
Um ser que agora se mistura com outro ser, com outra alma, com outro coração. 
União de duas almas, união do meu amor, do amor do meu companheiro, união de luz. 
Já que é a união do mais puro amor, 
é a maior prática de Yoga que já fiz... 
pois Yoga significa União.

Agradeço ao Universo por esse momento milagroso em minha caminhada.
Agora mais do que nunca, sinto a presença de todos os Deuses e Deusas, 
de todos os Budas e energias cósmicas, e me entrego à sabedoria ancestral da Mãe Terra.

Jai Ma!
Namastê

Nenhum comentário:

Postar um comentário